Ver valores do procedimento

Perguntas e Respostas

01 - Quais são as indicações do peeling?


Os peelings são indicados para tratamento de rugas finas, rejuvenescimento, clareamento de manchas, controle da acne, limpeza de pele profunda.




02 - Como ocorre a ação dos peelings químicos no tratamento de rugas?


Cada tipo de peeling possui suas características farmacológicas, mas todos promovem uma descamação e renovação celular, aplainando rugas superficiais. Os ácidos atuam estimulando as células fibroblásticas, produtoras de colágeno, conferindo firmeza e retração à pele. A produção localizada de colágeno preenche as rugas faciais de forma natural.

O peeling de ácido retinóico costuma ser o mais indicado. No entanto todos os peelings tem ação rejuvenescedora.




03 - Qual a ação do peeling sobre a mancha?


O peeling atua no melanócito, diminuindo a produção de melanina. Também promove uma descamação superficial da pele, que favorece seu clareamento e a remoção das manchas. O peeling de retinóico e Melanesse são os mais indicados.




04 - Como atua o peeling no controle da acne?


A ação dos peelings varia conforme suas características farmacológicas. Basicamente, atuam controlando a oleosidade ao diminuírem a produção de sebo pelas glândulas sebáceas, promovendo a descamação da pele e renovação celular. Além de desobstruir os poros, facilitando a drenagem de toxinas e sebo, e diminui o processo inflamatório da acne. O peeling de Jessner e o ácido retinóico são os mais indicados.




05 - Quais são os tipos de peeling?


Os peelings mais comumente utilizados são o de Jessner, ácido retinóico, e Melanesse.




06 - Como é realizado o peeling de Jessner?


Higieniza-se a pele, para em seguida passar o peeling de Jessner. Ele irá promover uma “ardência” temporária, que passa em poucos segundos. Dependendo da profundidade que se quer atingir, passa-se mais camadas do ácido. Sua ação ocorre no momento da “ardência”, e interrompe-se após. O paciente não sai com uma “máscara” de peeling do consultório.




07 - Como é realizado o peeling de ácido retinóico?


Primeiro higieniza-se a pele, para em seguida passar o acido retinóico. Ele tem a cor base, e o produto deve permanecer na pele por algumas horas. Após, lava-se com água e sabão. O peeling de retinóico não causa nenhum desconforto, ou “ardência” enquanto permanecer na pele.




08 - Como é realizado o peeling de Melanesse?


Higieniza-se a pele para em seguida passar o produto, deixando-o por algumas horas. Após esse período, lava-se com água e sabão. O peeling de Melanesse possui a consistência de um creme cor base. Assim como o retinóico, o peeling de Melanesse não causa nenhuma “ardência” ou desconforto enquanto permanecer na pele.




09 - Como é realizado o Fenol 88% pontuado?


Higieniza-se a pele e em seguida passa o anestésico tópico. O Fenol 88% é aplicado ponto a ponto com uma agulha coberta de algodão. O procedimento é realizado localmente para tratamento de rugas finas, flacidez de pálpebra na região periocular e melhora dos códigos de barra na região peribucal.




10 - É possível se obter o resultado desejado com apenas 1 sessão de peeling superficial?


Não. O tratamento com o peeling superficial consiste na aplicação de algumas sessões, cujo efeito somatório objetiva-se alcançar um resultado desejado.




11 - Quantas sessões de peeling são necessárias e qual o intervalo entre as mesmas?


São necessárias, em média, de 5 a 10 sessões de peelings superficiais com intervalos quinzenais, para se atingir um resultado desejado. O número de sessões varia conforme a indicação clínica.




12 - Como é preparada a pele antes de se realizar o peeling?


Como preparo de pele, orienta-se fotoproteção regular e evitar a exposição ao sol. Além de serem prescritos cremes clareadores à base de ácidos e substâncias despigmentantes.




13 - Como é a evolução do pós peeling superficial e quais cuidados devo tomar?


No 3º dia após o tratamento com peeling, inicia-se uma leve descamação, que permanece até 1 semana, período em que a pele pode ficar sensível e irritada. Orienta-se evitar friccionar o local, ou “puxar” a pele. Também é imprescindível o uso contínuo de protetor solar, evitar a exposição solar e ao calor, além de creme hidratante e água thermal. Nos casos de grande irritação da pele, é importante consultar seu médico para avaliar a necessidade de cremes de corticóide.




14 - Quais são as complicações inerentes ao tratamento de peeling?


As complicações ao peeling superficial são raras. Geralmente são mais inerentes a falta de cuidados pós-procedimento, do que em relação ao procedimento em si. Como exemplo, podemos citar a hipercromia pós-inflamatória, caso o paciente desobedeça as orientações médicas e venha se expor ao sol ou calor.




15 - Quais são as contraindicações ao tratamento com peeling?


Histórico de alergia a algum componente da fórmula, gravidez, lactantes, uso irregular de fotoproteção, presença de infecção local na pele.




16 - Posso ter alergia ao peeling?


Sim. Alergias não são comuns, mas observamos mais com o acido salicílico. Caso reações alérgicas sejam observadas no momento da aplicação, orienta-se a retirada imediata do produto, com a lavagem vigorosa da pele.